Buthod & Thibouville

Data de início da produção: 1857

Data de encerramento da produção: 1961

Jérôme Thibouville-Lamy (1833-1902) fundou a companhia com seu nome em 1790, que se tornou uma das maiores fábricas de instrumentos musicais no final do século XIX. Thibouville-Lamy era descendente da família francesa Thibouville, que desde o século XVII se dedicava à manufatura de instrumentos de madeira e metal.

Em 1857, Jérôme passou a fazer parte da sociedade ‘Husson-Buthod & Thibouville’ e em 1867 tornou-se o único proprietário da empresa. Jérôme mecanizou a produção e iniciou a manufatura de instrumentos musicais com preços acessíveis. Por volta de 1878, existiam quatro fábricas na França que empregavam 420 funcionários no total, onde eram produzidos instrumentos de corda e sopro, além de órgãos e instrumentos mecânicos. No seu auge, a Jérôme Thibouville-Lamy produziu com excelência instrumentos da família dos metais como os trompetes em dó com quatro e cinco válvulas e as trompas em fá/si bemol com uma terceira válvula ascendente.

Em 1889, os filhos de Jérôme, Louis Jérôme Emile e Alexandre Alfred Acoulon, passaram a administrar o negócio e uma filial foi aberta em Nova Iorque, em torno de 1895. A firma continuou produzindo ao longo do século XX, porém com uma quantidade menor de funcionários;  em 1926, empregava um total de cem pessoas distribuídas por 6 fábricas. Anos depois, em 1961, durante a presidência de Acoulon, veio a encerrar suas atividades.

A filial de Londres continua em funcionamento, como revendedora de acessórios para instrumentos musicais.

Nomes adicionais: Husson-Buthod & Thibouville

Referências: GROVE MUSIC ONLINE, 2014.

Aviso de Cookies

Este site utiliza cookies e tecnologias afins, que são pequenos arquivos ou pedaços de texto baixados para um aparelho quando o visitante acessa um website ou aplicativo.